LUZ PARA O MUNDO

LUZ PARA O MUNDO
A CURA PARA OS MALES DA HUMANIDADE

sexta-feira, 23 de setembro de 2016




LOUVEM AO SENHOR

“Louvem ao Senhor, todas as raças! Louvem ao Senhor, todos os povos da terra. Pois o seu amor por nós é muito grande e a sua fidelidade dura para sempre! Aleluia!
                                                      Salmo 117: 1 e o 2.

Louvar, enaltecer, glorificar ao Deus Altíssimo.
Por quê?
Porque Ele é nosso Criador e Mantenedor de nossas vidas. Gênesis 1: 27
Toda a criação depende de Deus, tanto os bons e maus. Deus não faz acepção de pessoas até a volta de Cristo; Porque para o Reino só irão os que lhe obedecem, cumpre seus mandamentos e tem como Senhor o Redentor Jesus Cristo como seu Rei e Salvador por toda eternidade, estes têm a misericórdia e a graça de Deus, porque se mantém separados da podridão moral e carnal deste mundo. Colossenses 1: 16 -  Efésios 2: 15, 4: 24
Louvar a Deus é dar o devido respeito e lugar a Ele em sua vida. Enaltecendo-o como Pai, mestre, confidente, Deus, amigo, com toda veneração que o Criador merece. Salmo 96: 9 ao 13.
Nada nesta vida ou na outra pode superar seu amor por nós, e da mesma forma por gratidão deveríamos ser recíprocos.  Efésios 3: 19 – 1 João 4: 8 -  2 Coríntios 13: 13 – 2 Tessalonicenses 2: 16 e 17 e  1º Pedro 2: 17

Os seus preceitos morais contidos nos Dez Mandamentos são mais atuais que nunca. Êxodo 20: 1 ao 18
1º  Amar a Deus sobre todas as coisas. Por quê? Porque Ele é o único Deus e o nosso Criador.
Não farás para ti imagens de adoração. Isto quer dizer: Não sejam idólatras, adorador de animais, de pedras, madeiras, pessoas vivas ou mortas, astros ou estrelas. Por quê? Porque isso é obra demoníaca de Satanás. Nosso Deus é invisível. Por enquanto, ainda não chegamos ao Paraíso.
3º Não fale o Nome de Deus em vão. O nome de Deus é sagrado e deve ser usado, nas orações e nos momentos necessários de adoração.
4º Guardar o Dia abençoado e santificado lá no Paraíso: O Sábado. O que é abençoado e santificado por Deus, o homem não pode mudar ou invalidar.
5º Honrar o Pai e a mãe. Pois eles  que lhe deram vida neste mundo. Honra e a obediência a eles é um símbolo e um dever de cada filho. A sociedade de hoje tornou-se permissiva, juntamente com as drogas faz com que o relacionamento de pais e filhos se torne difíceis.
6º Não matarás. A vida é um dom de Deus. Sagrada e pertence a Ele. Quem mata, não quer morrer. Ninguém pode restituir uma vida perdida é eterno devedor de Deus.
7º  Não adúlteras. Quem adultera não quer ser traído. Por isto Deus instituiu o casamento, para que cada um tenha o seu próprio par. Jesus disse que nem precisa adulterar, mas um olhar malicioso ou de cobiça, já é uma forma de adultério. De menosprezar sua companheira. E a moda e a mídia incitam o relacionamento duplo e os milhões de divórcios anuais.

8º  Não furtarás. Ninguém quer ser roubado, até mesmos os ladrões não querem ser. Para isso existe o trabalho honesto para cada um prover suas próprias necessidades e de suas famílias. Mas infelizmente, hoje os que roubam mais são os mais favorecidos, na indústria, no comércio e na política que espremem a sociedade como um todo pela usura e ganância.

9° Não dirás falsos testemunhos contra teu próximo.
A falsidade é uma das faces da mentira, criada pelo diabo. João 8: 44.
A falsidade, a mentira se opõe a verdade causa dor ao próximo e ofende a Deus. A justiça humana tem que ter dois defensores judiciais, um mentindo e outro falando a verdade. Nem sempre a verdade sai vencedora.

10º  Não cobiçarás. O mais intimo de todos os mandamentos. Que proíbe um estado mental escondido. Um estado mental que é a raiz do desejo desordenado daquilo que não temos a cobiça. Um pecado contra o desejo dos bens materiais, carnais pertencentes ao próximo. O mesmo pecado que causou a desobediência ao Criador lá no Paraíso, por Adão e Eva. Um pecado tão moderno como essa vida de hoje. Uma luta para alcançar o nada, mas resulta em ansiedade, depressão, pânicos de todos os tipos pela ganância de conquistar os bens materiais.

Ai está os Dez mandamentos, escritos pelo próprio dedo de Deus. Deuteronômio 4: 11  ao 14. Mais atuais que nunca neste fim dos tempos de uma sociedade corrupta e perversa.
Até dizem que Jesus Cristo aboliu a Lei dos mandamentos de Deus. Mas o Filho nunca aboliria a Lei do caráter Moral do próprio Pai. Lucas 10: 27 e Apocalipse 14: 12. Quem aboliu para si a Lei de seu Criador foi Satanás. E incita o homem pecador fazer o mesmo. Apocalipse 12: 9 e 20: 2
Como diz Jesus Cristo: “ a essência da Lei é Amar o próximo como a si mesmo”, e é exatamente isto:” Porque Deus é amor. Romanos 7: 12 – 1 João 5: 1 ao 4.
A confusão de Leis está entre a Lei moral, 10 mandamentos escrita por Deus, e a Lei Sacrificial, Deuteronômio 31 9 ao 13, aquela que Cristo aboliu com seu corpo na cruz, como sendo o último cordeiro a ser sacrificado, não há mais sacrifícios para justificar pecados.
Paulo, o Apóstolo, na sua primeira Carta a Timóteo explica claramente essa questão e o seu mau entendimento.
Deixa claro que a lei não foi feita para os justos, aqueles que por natureza já não matam, não roubam, não adulteram etc.; Mas foi feita para os obstinados, injustos, para os ímpios e pecadores... 1 Timóteo 1: 5 ao 10.
Louvor e louvar Deus, é obedecê-lo, colocá-lo em primeiro lugar na sua vida. Pois o Nosso Criador, depois da criação até hoje não nos tem abandonado, tem cuidado de nós diariamente em todos os sentidos. Indo ao extremo de dar a vida de seu Filho Unigênito, para salvar a nossa, infiéis pecadores.  Apocalipse  19: 1 ao 6 – Salmos 71: 8 – Salmos 113: 1 – 117: 1 -  135: 1 – Lucas 2: 28 –
 Efésios 5: 19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário